terça-feira, Outubro 28, 2014

segunda-feira, Outubro 27, 2014

A EQUIPA FEMININA DO CASTRENSE REPRESENTANTE DO ALENTEJO NA TAÇA DE PORTUGAL

.
A EQUIPA FEMININA DO CASTRENSE ELIMINOU
NO ULTIMO DOMINGO, A EQUIPA DA PONTE DE
FRIELAS , NO JOGO PARA A TAÇA DE PORTUGAL
DISPUTADO EM CASTRO VERDE.



O Futebol Clube Castrense recebeu e venceu o UD Ponte Frielas, por 5-1, em jogo a contar para a 1ª Eliminatória da TAÇA DE PORTUGAL.
Com uma casa bem repleta, as Meninas Castrenses tiveram sempre o controlo do jogo, tendo no entanto passado por um calafrio quando, sensivelmente aos 12 minutos, sofreu o primeiro golo da partida, num livre bem executado pela especialista de bolas paradas equipa de Frielas.
Alertada, a equipa aprendeu a lição, e a partir daí evitou fazer faltas perto da área, e reagiu bem colocando em campo o seu modelo de jogo, o seu futebol, o seu trabalho de casa, e de virada, com 2 golos magníficos, o primeiro fantástico ,de bola parada de ANA RITA BATISTA




outro de CATARINA CUIÇA.


levaram a equipa a vencer por 2-1 ao intervalo.


O 2º,tempo trouxe a equipa mais


No segundo tempo,a equipa acertou melhor as marcações , acentuou mais o seu domínio ,criou mais situações, resolvendo a partida com mais um golo, desta feita obtido por ANDREIA SANTANA.



Tempo houve para que a ANA RITA BATISTA selasse o seu primeiro hat-trick da temporada, com dois golos no último quarto da partida, numa partida que também para si foi plena de esforço e sucesso!




Jogo muito bem conduzido pela equipa de arbitragem!

A equipa do CASTRENSE alinhou com:
ISABEL PEIXEIRO;CAROLINA SILVA, CRISTINA TEIXEIRA (C), FILIPA LOPES,FILIPA CAIXEIRO,MARISA PIRES,INÊS FILIPA,ANDREIA SANTANA,ANDREIA VIEIRA,
CATARINA CUIÇA e ANA RITA BATISTA

Jogaram ainda: ANA GIL,MARTA BERNARDO

Suplentes não utilizadas:
12 - JESSICA COELHO
24 - ANA FELICIANO
5 - DANIELA MARIANO
11 - JEKA PACHECO
23 - JOANA CARONA

A equipa começa agora a registar sinais evidentes de adaptação ao espaço mais vasto do futebol de 11 e do preenchimento e dinâmica mais adequado a esse novo território.

A registar a grande exibição de ANA RITA BATISTA coroada por um hat trick e os pés de veludo de CAROLINA SILVA .

O FUTEBOL CLUBE CASTRENSE ESTÁ NA 2ª ELIMINATÓRIA DA TAÇA DE PORTUGAL!!!

1ª,divisão distrital de beja

.
O CASTRENSE VENCEU O SABOIA POR 3-0
E MANTEM A LIDERANÇA DA CLASSIFICA-
ÇÃO GERAL,


Castrense 3-0 Sabóia AC
Serpa 3-2 Sp. Cuba
Odemirense 2-2 Vasco da Gama Vidigueira
Guadiana 3-0 São Marcos
Almodôvar 0-3 Praia Milfontes
Renascente S.Teotónio 1-1 Piense
Cabeça Gorda 0-0 Aldenovense

CASTRENSE-SABOIA..3-0


O Castrense venceu neste sábado o seu jogo com o Saboia com justiça, foi a melhor equipa, dominou ,marcou
Entrou melhor no jogo, mas nos primeiros minutos ,apesar do domínio territorial e mais posse de bola, estava a ter dificuldade de criar oportunidades pelo miolo do campo.
Tudo mudou a partir do momento em que a equipa de Castro Verde começou a jogar pelas alas , criando então inúmeras situações de golo, estou a recordar ,aos 18 minutos em que Jorginho isolou Lamy, que só por um triz não converteu a oportunidade em golo.


O 1º.golo chegaria ainda na 1ª. parte, aos 42 minutos , quando numa bola parada enviada para o 2º.poste, VITOR ROLIN não falhou


No 2º.tempo, o Castrense cedo tomou de novo o domínio do jogo, melhorou a qualidade do passe na 1ª.fase de construção e as oportunidades de golo foram surgindo.

O 2º.golo foi marcado de penalty , cavado pelo excelente ANDRÉ DIAS

e executado com êxito por FILIPE VENÂNCIO


E seria ANDRÉ DIAS, a marcar o 3-0, numa jogada rápida e bem concluída pelo excelente avançado.


A equipa do CASTRENSE alinhou com

MARCO HORTÊNSE;ROBERTO,VELHINHO,ROLIN,PAULO MAURICIO,ZÉ MESTRE,FELIPE VENÂNCIO,JORGINHO,LAMY,MICA e RUI PEPE
jogaram ainda: GAIO,PAZINHO,ANDRÉ DIAS

CLASSIFICAÇÃO GERAL

1 Castrense 13 5 4 1 0 16 2 +14 Jogos
2 Praia Milfontes 12 5 4 0 1 12 3 +9 Jogos
3 Vasco da Gama Vidigueira 10 5 3 1 1 12 6 +6 Jogos
4 Renascente S.Teotónio 10 5 3 1 1 12 8 +4 Jogos
5 Guadiana 10 5 3 1 1 6 2 +4 Jogos
6 Serpa 9 5 3 0 2 9 9 0 Jogos
7 Odemirense 8 5 2 2 1 7 4 +3 Jogos
8 Sabóia AC 7 5 2 1 2 5 8 -3 Jogos
9 Aldenovense 5 5 1 2 2 1 5 -4 Jogos
10 Piense 4 5 1 1 3 6 6 0 Jogos
11 Cabeça Gorda 4 5 1 1 3 6 9 -3 Jogos
12 São Marcos 3 5 1 0 4 3 13 -10 Jogos
13 Almodôvar 2 5 0 2 3 1 9 -8 Jogos
14 Sp. Cuba 1 5 0 1 4 4 16 -12 Jogos

PALPITES, quem vai ganhar e por quantos, 4ª.e ultima jornada de OUTUBRO

.
TERMINADOS OS NOSSOS PALPITES DE
OUTUBRO, COM A VITÓRIA INÉDITA DE
JOSÉ JULIO, A PRIMEIRA EM 5 ANOS
DE CONCURSOS, VENCENDO ESTA ULTI-
MA JORNADA E ALCANÇANDO A VITÓRIA
DO M~ES DE OUTUBRO, COM 2 PONTOS
DE VANTAGEM SOBRE O JOÃO PINTO E
4 SOBRE A ANA LUCIA.

jogos que contaram

BRAGA-BENFICA...2-1
SPORTING-MARITIMO..4-2
AROUCA-PORTO...0-5
CASTRENSE-PONTE DE FRIELAS (Feminino)..5-1
CASTRENSE-SABOIA..3-0 (Carlos Pereira,Pedro Jonnas, José Julio,João Pinto,Abilio Azevedo)


Na jornada
.
1.José Julio..8
2.Carlos Pereira..10
3.João Pinto,António Fiúza..11
4.Gastão Inácio,Pedro Figueira,Abilio Azevedo..12
5.Mário Oliveira..13
6.Ana Lucia,João Tiago,.Pedro Jonnas..14
7.Herminia,Cesar Caroli,João Roque,Peixoto,Inácio Farinho..15
8.Natercia..16
9.Carlos Apolónia,Sergio Fernandes..17
10José Budha,Vitor Santos,Manuela Mascarenhas,Jacinto Guerreiro..18
11Miguel,Elisiário,Joaquim Marçalo..19
12António Mendonça,Vicente Guerreiro..21

CLASSIFICAÇÃO GERAL
.
1.JOSÉ JULIO...38..SPORTING (CAMPEÃO DE OUTUBRO)
2.JOÃO PINTO...40..BENFICA
3.ANA LUCIA...42..SPORTING
4.CARLOS PEREIRA..45.CASTRENSE
5.URBANO PEIXOTO..49..BENFICA
..GASTÃO INÁCIO...49..SPORTING
6.MANUELA MASCARENHAS..50..BENFICA
7.CARLOS APOLÓNIA..51..CASTRENSE
8.INÁCIO FARINHO..53..BENFICA
..VICENTE GUERREIRO..53..BENFICA
9.ELISIÁRIO CANDEIAS..55..SPORTING
..JOÃO ROQUE...55..SPORTING
10SERGIO FERNANDES..56..BENFICA
..CESARE CAROLI..56..MILAN
11HERMINIA MARQUES..58..BENFICA
..ABILIO AZEVEDO...58..SPORTING
12PEDRO FIGUEIRA..59..PORTO
..ANTÓNIO FIUZA...59..SPORTING
..PEDRO JONNAS...59..ALBERNOENSE
13JACINTO GUERREIRO..62..CASTRENSE
..JOSÉ BUDHA...62.SPORTING
14MÁRIO OLIVEIRA..63..BENFICA
..JOAQUIM MARÇALO..63..BENFICA
15JOÃO TIAGO..64...BENFICA
16NATERCIA DE JESUS..66..BNFICA
17MIGUEL....68..SPORTING
18ANTÓNIO MENDONÇA..70..SPORTING
19VITOR SANTOS..78..ATLETICO

domingo, Outubro 26, 2014

FEIRA DE CASTRO NO DIA SEGUINTE

.
AINDA A FEIRA DE CASTRO
MAS NO DIA SEGUINTE


É sempre um dia triste, o dia a seguir ao fim da Feira


o desmanchar doloroso


o lixo

CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTSAL DE BEJA

.
JÁ VAI NA 3ª.JORNADA O CAMPEONATO DE
FUTSAL DE BEJA, A CASA DAS PRIMAS SÓ
AGORA TEVE CONHECIMENTO DO SEU INICIO,
E QUE UMA EQUIPA DE CASTRO VERDE ESTA
VA A COMPETIR - A DA CASA DO BENFICA
DE CASTRO VERDE.

A CASA DO BENFICA DE CASTRO VERDE empatou a 3 golos com o LUZERNA (da Vila de Cuba)




Estive no Pavilhão dos Desportos Municipal, a assistir ao jogo entre a CASA DO BENFICA DE CASTRO VERDE e a equipa da Vila de Cuba, a LUZERNA.



JORNADA 3
2014-10-24

GDC Alvito 0-5 GDC Baronia
NS Moura 3-3 NS Leões Almodôvar
SC Ferreirense 13-3 Barrancos FC
CB Castro Verde 3-3 ACD Luzerna
Vasco da Gama Vidigueira 1-3 GDC Alcoforado
Desp. Beja 4-8 Ourique


CASA DO BENFICA DE CASTRO VERDE-LUZERNA..3-3


Tive a oportunidade de ver em acção pela primeira vez ,a equipa da Casa do Benfica de Castro Verde.
Desde logo porque tem alguns dos seus jogadores com excelente qualidade técnica, o que oferece garantia de que logo que ganhem rotinas e automatismos necessários , virão as boas exibições e as vitórias.



Pela CASA DO BENFICA Jogaram e rodaram em campo ao longo do jogos


Carlos Luis,Rui Rosa,Luis Filipe,Tiago Jesus,Pereira,Ruben Lança,Venâncio Jonas, André Henriques e Diogo Vaz

Jogo muito disputado, muito rasgado, com maior volume atacante da equipa da casa, a criar mais oportunidades de golo.


O empate final , 3-3, é lisongiero para a equipa que veio da Vila de Cuba, embora se aceite.

As imagens que aqui publico dizem mais que palavras




O Pavilhão não apresentou casa cheia, mas razoavelmente preenchido, e penso que, à medida que a vila irá tomando conhecimento que há uma equipa da terra a participar, vai decerto aparecer mais gente a assistir.




CLASSIFICAÇÃO GERAL


1 GDC Baronia 9 3 3 0 0 15 4 +11 Jogos
2 Ourique 9 3 3 0 0 14 6 +8 Jogos
3 SC Ferreirense 6 3 2 0 1 20 8 +12 Jogos
4 GDC Alcoforado 6 3 2 0 1 18 6 +12 Jogos
5 Leões Almodôvar 5 3 1 2 0 12 7 +5 Jogos
6 Desp. Beja 4 3 1 1 1 10 12 -2 Jogos
7 NS Moura 4 3 1 1 1 8 9 -1 Jogos
8 Vasco da Gama Vidigueira 3 3 1 0 2 5 7 -2 Jogos
9 ACD Luzerna 2 3 0 2 1 8 10 -2 Jogos
10 CB Castro Verde 1 3 0 1 2 7 12 -5 Jogos
11 Barrancos FC 1 3 0 1 2 7 30 -23 Jogos
12 GDC Alvito 0 3 0 0 3 3 16 -13 Jogos

sexta-feira, Outubro 24, 2014

PALPITES, quem vai ganhar e por quantos, 4ª. e ultima jornada de OUTUBRO

.
E CHEGAMOS À ULTIMA JORNADA DOS PALPITES DE
OUTUBRO COM A ANA LUCIA A LIDERAR COM 1 PON-
TO DE VANTAGEM SOBRE O JOÃO PINTO E 2 SO-
BRE O JOSE JULIO.

Regressm os jogos da I Liga , 1 da Taça Distrital Feninina de Beja, e 1 da 1ª.Divisão Masculina de Beja

JOGOS QUE CONTAM


1 - BRAGA-BENFICA
2 - SPORTING-MARITIMO
3 - AROUCA-PORTO
4 - CASTRENSE-PONTE DE FRIELAS (Feminino) 90M
5 - CASTRENSE-SABÓIA




MATRIZ DOS PALPITES



CLASSIFICAÇÃO GERAL
.
1.ANA LUCIA...28..SPORTING
2.JOIÃO PINTO..29..BENFICA
3.JOSÉ JULIO..30..SPORTING
4.MANUELA MASCARENHAS..32..BENFICA
5.CARLOS APOLÓNIA..34..CASTRENSE
..URBANO PEIXOTO..34..BENFICA
6.CARLOS PEREIRA...35..CASTRENSE
7.ELISIÁRIO CANDEIAS..36..SPORTING
8.GASTÃO INÁCIO..37..SPORTING
9.INÁCIO FARINHO..38..BENFICA
10SERGIO FERNANDES..39..BENFICA
11JOÃO ROQUE...40..SPORTING
12CESARE CAROLI..41..MILAN
13VICENTE GUERREIRO..42..BENFICA
14HERMINIA MARQUES..43..BENFICA
15JACINTO GUEREREIRO..44..CASTRENSE
..JOSÉ BUDHA...44..SPORTING
..JOAQUIM MARÇALO..44..BENFICA
16PEDRO JONNAS...45..ALBERNOENSE
17ABILIO AZEVEDO..46..SPORTING
18PEDRO FIGUEIRA..47..PORTO
19ANTONIO FIUZA..48..SPORTING
20MIGUEL...49..SPORTING
..ANTONIO MENDONÇA..49..SPORTING
21MARIO OLIVEIRA...50..BENFICA
..NATERCIA DE JESUS..50..BENFICA
22JOÃO TIAGO...52..BENFICA
23VITOR SANTOS...60..ATLETICO

quarta-feira, Outubro 22, 2014

NOITE DE DESPIQUE E BALDÃO NA FEIRA DE CASTRO

.
NO PROGRAMA´DA FEIRA DE CASTRO, DOS EVENTOS
MAIS TRADICINAIS, A PAR DO DESFILE DOS
GRUPOS CORAIS, É NA NOITE DE SÁBADO DA
FEIRA, O CANTE A DESPIQUE E BALDÃO.

Por iniciativa da Cortiçol, há já longo anos, que se realiza este evento, que perpetua na Feira de Castro, o reviver da tradição representada pelo cante a despique e baldão.

No Alentejo canta-se ao desafio em duas formas diferentes: ao baldão e ao despique. No cantar ao despique parte-se de um "mote" e daí se pega num tema que se desenvolve, sempre de acordo com regras estritas no que concerne à rima e ao seu lugar no verso.. O cantar ao baldão já o próprio nome diz: à balda, isto é canta-se, vai-se respondendo e vai-se improvisando.

Nos primeiros anos, a sessão realizou-se na Taberna do João das Cabeças, contudo, o espaço tornou-se muito pequeno para a crescente popularidade do baldão, e embora fosse o local preferido dos cantadores, foi necessário procurar um espaço mais amplo.

Percorreram-se muitos locais, desde uma tenda no antigo ring de patinagem, agora Parque Infantil, à Taberna da Associação dos Caçadores das Sesmarias, até ao sitio actual, o Forum Municipal.

A sala encheu-se , são muitos os que gostam de despique e baldão.


A sessão teve como preliminares a actuação dum grupo de alunos de viola campaniça, muitos dos quais, depois ,acompanhariam os cantadores de despique e baldão

Todos os anos, no decorrer da sessão de despique e baldão , os cantadores presentes, votam entre si, no companheiro quenoi ano seguinte será homenageado publicamente.
No ano passado os cantadores votaram em MANUEL GRAÇA, de Corte Malhão, para ser homenageado este ano.


E foi pela voz do José Francisco Guerreiro, da Cortiçol, desde sempre a alma deste evento anual, que MANUEL GRAÇA foi chamado a receber a homenagem a que ganhou o direito pelo voto


que emocionado agradeceu



Depois, os cantadores ocuparam os seus lugares à mesa, e de novo , José F.Guerreiro, dirigiu-se à sala, falando sobre
a necessidade de um consenso de silêncio para escutar os cantadores, e a dar a conhecer a metodologia a ser seguida por eles



e deu-se o inicio da função com o festejado MANUEL GRAÇA a iniciar a fase do CANTE A DESPIQUE.


o micro foi sendo passado de mão em mão




de campaniços para serrenhos e destes para campiços



terminando com a intervenão de VITOR PALMA,

Depois, JOSE F.GUERREIRO, voltou ao micro para dar inicio à fase do BALDÃO, mas antes apresentou então o poeta popular MANUEL MARTINS MIRA



que convidou a dizer um dos seus poemas sobre a FEIRA DE CASTRO



a que o poeta anuiu ,escutando os aplausos da sala

E....deu-se inicio à fase do BALDÃO



onde sobressairia uma interessante troca de mimos especialmente entre o Pedro Mestre e o Vitor Palma



e outros belos duelos do Manuel Graça, Leonel das Perrarias, Ferreirinha e outros




Foi mais um excelente serão onde a tradição do cante a balão e despique e a viola campaniça teveram o seu lugar de destaque.

Uma palavra final para





terça-feira, Outubro 21, 2014

PLANICIE A CANTAR, DESFILE DE GRUPOS CORAIS NA FEIRA DE CASTRO

.
O CANTE ALENTEJANO TEM UM LUGAR CENTRAL
NA FEIRA DE CASTRO, E O DIA DO DESFILE,
SEMPRE NO SÁBADO DA FEIRA, TEM O SEU
PUBLICO FIEL, QUE AO LONGO DO PERCURSO
DA RUA D.AFONSO I, APLAUDEM E CURTEM
O EX-LIBRIS DO ALENTEJO - O SEU CANTE,
OS SEU GRUPOS CORAIS.


Como é da tradição, os grupos saiem em desfile, desde uma das pontas do Jardim do Padrão, junto à agora Pousada da Somincor, pela Rua D,Afonso I, passando pela Igreja dos Remédios, Praça da Republica, Correios até ao inicio da Fialho de Almeida, onde, num estrado colocado para o efeito, actuam , cantando cada grupo 2 modas.



Os elementos de todos os grupos começaram a juntar-se no local da partida, e durante largos minutos assistiu-se a um saudável reencontro de cantadores a trocarem memórias d'outros encontros onde o cante sempre será assunto central.



O primeiro grupo a desfilar, foi também como é da tradição, um grupo da terra, e que este ano foi o das CAMPONESAS DE CASTRO VERDE.


que foi o primeiro grupo coral feminino a ser criado



e o primeiro a desfilar com os aplausos das muitas pessoas que as seguiram em todo o percurso.

seguiu-se-lhes o GRUPO CORAL ALENTEJANO SOBREIRO de Setubal




já repetente em Castro Verde.



como OS CEIFEIROS DE CUBA, muitas vezes na FEIRA DE CASTRO


A Rua D.Afonso I, com muita assistência ao longo do percurso



viu desfilar a seguir



O GRUPO CORAL OS POPULARES DO CACEM

com quem veio a amiga e poetisa ARLETE ANJOS



As CEIFEIRAS DE ENTRADAS não faltaram, são da casa e claro, foram acolhidas com muito carinho




De Cabeça Gorda, vieram OS MOÇOS D'ALDEIA, foi a prmeira vez que os vi e escutei e gostei bastante




Depois desfilaram os consagrados CARDADORES DA SETE



impecáveis na voz ,na atitude e no traje


Desfilou depois,o GRUPO CORAL CAMPONESES DE VALE VARGO




Veio então o GRUPO CORAL DA BRANDOA




E por fim



o primeiro grupo coral a ser criado em Portugal, OS MINEIROS DE ALJUSTREL


QUE já no tablado da Praça da Liberdade, entoaram o seu grande êxito, o HINO DOS MINEIROS



FOI UM FINAL DE ARREPIAR,grande final de uma grande tarde de cante

CONCURSO CANINO NA FEIRA DE CASTRO

.
FACE AO ÊXITO DO PRIMEIRO CONCURSO
CANINO, NA EDIÇÃO DA FEIRA DE CASTRO
DO ANO PASSADO, VOLTOU ESTE ANO NO
PARQUE INFANTIL DA VILA, A REALIZAR-
SE COM MAIS CONCORRENTES E MAIS PES-
SOAS A ITERESSAR-SE .

Numa parte do relvado do Parque, a dar brilho e ambiente ao certame, foram muitos os cães e as raças que se mostraram com garbo e muito estilo.




Mais uma vez coube a Filipe Pratas a coordenação do evento




e a cobertura técnica de quem dirige este tipo de certames


bonitos exemplares como estes barbudos da Terceira




Oportunidade também para os donos dos cães a concurso se encontrarem


a trocaram estórias e conselhos sobre os seus companheiros de 4 patas.


segunda-feira, Outubro 20, 2014

A EQUIPA FEMININA DO CASTRENSE, REPRENTANTE DO ALENTEJO NO CAMPEONATO DE PROMOÇÃO

.
A EQUIPA FEMININA DO CASTRENSE, NESTE
SEU ANO DE ESTREIA NO FUTEBOIL DE 11,
UM ANO DE INTENSA APRENDIZAGEM, PERDEU
NO SEU JOGO DE DOMINGO EM PAIO PIRES
PELA DIFERENÇA MÍNIMA 3-2.


JORNADA 4
2014-10-19

Guia 0-6 Belenenses
CAC 2-1 ADCEO
Estoril Praia 18-0 Olímpico Montijo
Paio Pires FC 3-2 Castrense
Malveira Serra 0-9 Esc. Fut. Fem. Setúbal


CLASSIFICAÇÃO GERAL

1 Belenenses 10 4 3 1 0 18 2
2 Paio Pires FC 10 4 3 1 0 10 3
3 Estoril Praia 9 4 3 0 1 27 4
4 CAC PONTINHA 8 4 2 2 0 32 3
5 GuiaC.F. 7 4 2 1 1 26 9
6 E F.F.Setúbal 7 4 2 1 1 14 3
7 Quintajense 3 3 1 0 2 5 8 -3
8 Castrense 1 3 0 1 2 3 6
9 ADCEO 1 3 0 1 2 3 7
10 O. Moscavide 0 0 0 0 0 0 0 0
11 Malveira Serra 0 4 0 0 4 0 25
12 Olímpico Montijo 0 3 0 0 3 0 68


Já se sabia que não ia ser fácil a deslocação a Paio Pires, e não foi, contudo, não fora dificuldade física das 2 centrais , talvez o resultado não tivesse sido a derrota.



O Futebol Clube Castrense deslocou-se este domingo a Paio Pires, em jogo a contar para a 4ª Jornada do Campeonato de Promoção, tendo perdido o jogo por 3-2, nesta que foi a segunda derrota da época.


Apesar da entrada acutilante, com um golo da INÊS FILIPA aos 6 minutos, ao que se seguiu um remate à trave por Ana Rita Batista, e ainda um par de boas oportunidades para dilatar o resultado, o facto é que voltámos a cometer uma grande penalidade sem justificação alguma, que resultou no empate da equipa visitada, ainda antes do intervalo.


Ao intervalo fomos obrigados a substituir ambas as defesas centrais por motivos de principalmente de ordem física, o que veio condicionar em demasia a estratégia da equipa, que acabou por sofrer um golo num raide da lateral direita do Paio Pires, que percorreu todo o meio-campo Castrense sem que alguém lhe barrasse o caminho, acabando por marcar após uma série de ressaltos.

Momentos volvidos, numa bola sem perigo algum junto à linha de fundo, em mais um erro grosseiro, o Castrense marcou na própria baliza.

Tempo houve para reduzir através da ANA RITA BATISTA, mas nesta derrota fica a pesar o demérito colectivo no modo como a equipa defendeu e nas falhas defensivas com os golos Oferecidos, em toda a acepção da palavra, e ainda na menor clarividência atacante, que não soube explorar o último reduto do Paio Pires FC.

Jogo bem ajuizado pelo trio destacado para o efeito.

PROXIMA JORNADA

JORNADA 5
2014-11-02

Guia ADI Desportivo O. Moscavide
Quintajense 02/11 CAC PONTINHA
ADCEO 02/11 Estoril Praia
Olímpico Montijo 02/11 Paio Pires FC
Castrense 02/11 Malveira Serra
Belenenses 02/11 E.F. F. Setúbal

CAMPEONATO DA 1ª.DIVISÃO DISTITAL DE BEJA

.
O CASTRENSE FOI O GRANDE VENCEDOR DA
JORNADA, AO VENCER NA VIDIGUEIRA O
VASCO DA GAMA POR 2-1, E BENEFICIAN-
DO DA DERROTA DO RENASCENTE, É AGORA
O LÍDER DA CLASSIFICAÇÃO GERAL.


JORNADA 4
2014-10-19

Serpa 3-2 Renascente S.Teotónio
Sp. Cuba 0-2 Odemirense
Vasco da Gama Vidigueira 1-2 Castrense
Sabóia AC 2-1 Cabeça Gorda
Praia Milfontes 2-0 Piense
Aldenovense 0-1 Guadiana
São Marcos 1-0 Almodôvar


VASCO DA GAMA DA VIDIGUEIRA-CASTRENSE..1-2

o CASTRENSE ESTREOU EQUIPAMENTO ALTERNATIVO

As duas equipas mais fortes desta 1ª.Divisão Distrital, em luta directa pelo título desta época defrontaram-se na Vidigueira, e mostraram a sua força.
De inicio, e durante quase toda a 1ª.parte ambas se estudaram e procuram as debilidades da outra.
Aos poucos a equipa de Castro Verde foi impondo a sua estratégia e aos 38 minutos, Lamy fez 1-0, a que responderia Nelson Prego do Vasco da Gama local.
No 2º.tempo Lamy ,aos 67 minutos, voltou a marcar , e desequilibrou definitivamente a favor da equipa do Castrense que até ao final do encontro mostrou ter melhores armas e maior capacidade como equipa que luta para o titulo.

As equipas alinharam

VASCO DA GAMA DA VIIGUEIRA
ROSINDO;BONITO,RUI GATO,NELSON PREGO,RAMINHOS,ZÉ CLAUDIO,GORIGOITIA,RICARDO CANDEIAS,JORGE RAPOSO,TIAGO FLORIANO,ZÉFEIO,COVAS

CASTRENSE
EDUARDO;PEDRO PACHGECO,VELHINHO,ROLIN,PAULO MAURICIO,MARCIO CANDEIAS,ZÉ MESTRE,JORGINHO,MARIO SALEIRO,,RUI PEPE, LAMY
entraram ainda - MICA,PAZINHO

~CLASSIFICAÇÃO GERAL

1 Castrense.............. 10 4 3 1 0 13 2
2 S.Teotónio.............. 9 4 3 0 1 11 7
3 Vasco da Gama Vidigueira 9 4 3 0 1 10 4
4 Praia Milfontes........ 9 4 3 0 1 9 3
5 Guadiana............... 7 4 2 1 1 3 2
6 Odemirense............. 7 4 2 1 1 5 2
7 Sabóia AC ..............7 4 2 1 1 5 5 0
8 Serpa ..................6 4 2 0 2 6 7
9 Aldenovense............ 4 4 1 1 2 1 5
10 Piense .................3 4 1 0 3 5 5 0
11 Cabeça Gorda ...........3 4 1 0 3 6 9
12 São Marcos .............3 4 1 0 3 3 10
13 Almodôvar.............. 2 4 0 2 2 1 6
14 Sp. Cuba ...............1 4 0 1 3 2 13


PROXIMA JORNADA

JORNADA 5
2014-10-26

Castrense 25/10 15:00 Sabóia AC
Serpa 26/10 15:00 Sp. Cuba
Odemirense 26/10 15:00 Vasco da Gama Vidigueira
Guadiana 26/10 15:00 São Marcos
Almodôvar 26/10 15:00 Praia Milfontes
Renascente S.Teotónio 26/10 15:00 Piense
Cabeça Gorda 26/10 15:00 Aldenovense

domingo, Outubro 19, 2014

PALPITES, quem vai ganhare por quantos, 3ª.jornada de OUTUBRO

.
A 3ª.JORNADA DE OUTUBRO FOI
GANHA POR PEDRO JONNAS DE
ALBERNOA E DO ALBERNOENSE
E DE MANUELA MASCARENHAS
DE LISBOA E BENFIQUISTA.
NA CLASSIFICAÇÃO GERAL A
ANA LUCIA CONTINUA LÍDER
COM 1 PONTO DE VANTAGEM
SOBRE O JOÃO PINTO E 2
SOBRE O JOSÉ JULIO.


JOGOS QUE CONTARAM

PORTO-SPORTING..1-3
COVILHÃ-BENFICA-..2-3
MOURA-GUIMARÃES..0-2 (Miguel,Gastão,Pedro Figueira,Manuela Mascarenhas,Jacinto Guerreiro)
PAIO PIRES-CASTRENSE (FEMININO)..3-2
VASCO DA GAMA DA VIDIGUEIRA-CASTRENSE..1-2 (Vicente Guereiro,Herminia,Pedro Jonnas,Julio,Cesare Caroli,Elisiário,Manuela Mascarenhas,Carlos Apolónia)

MATRIZ DOS CALCULOS

Na jornada
.
1,Pedro Jonnas,Manuela Mascarenhas..5
2.Elisiário Candeias, Julio..8
3.Herminia,Vicente Guerreiro,Jacinto Guerreiro..9
4.Miguel,João Pinto,Carlos Apolónia..11
5.Gastão,Cesare Caroli..12
6.Joaquim Marçalo,Ana Lucia,Sergio Fernandes..13
7.Mário Oliveira,Pedro Figueira,António Fiúza..14
8.Natercia,João Roque,Peixoto..15
9.Carlos Pereira,Inacio Farinho,16
10Vitor Santos,José Budha,Abilio Azevedo..17
11António Mendonça,João Tiago..20

CLASSIFICAÇÃO GERAL
.
1.ANA LUCIA...28..SPORTING
2.JOIÃO PINTO..29..BENFICA
3.JOSÉ JULIO..30..SPORTING
4.MANUELA MASCARENHAS..32..BENFICA
5.CARLOS APOLÓNIA..34..CASTRENSE
..URBANO PEIXOTO..34..BENFICA
6.CARLOS PEREIRA...35..CASTRENSE
7.ELISIÁRIO CANDEIAS..36..SPORTING
8.GASTÃO INÁCIO..37..SPORTING
9.INÁCIO FARINHO..38..BENFICA
10SERGIO FERNANDES..39..BENFICA
11JOÃO ROQUE...40..SPORTING
12CESARE CAROLI..41..MILAN
13VICENTE GUERREIRO..42..BENFICA
14HERMINIA MARQUES..43..BENFICA
15JACINTO GUEREREIRO..44..CASTRENSE
..JOSÉ BUDHA...44..SPORTING
..JOAQUIM MARÇALO..44..BENFICA
16PEDRO JONNAS...45..ALBERNOENSE
17ABILIO AZEVEDO..46..SPORTING
18PEDRO FIGUEIRA..47..PORTO
19ANTONIO FIUZA..48..SPORTING
20MIGUEL...49..SPORTING
..ANTONIO MENDONÇA..49..SPORTING
21MARIO OLIVEIRA...50..BENFICA
..NATERCIA DE JESUS..50..BENFICA
22JOÃO TIAGO...52..BENFICA
23VITOR SANTOS...60..ATLETICO

quinta-feira, Outubro 16, 2014

FESTA DOS AMIGOS DA RÁDIO CASTRENSE

.
A RÁDIO CASTRENSE É UMA DAS
JOIAS DA COROA DA VILA,
DO CONCELHO DE CASTRO VERDE
E DO BAIXO ALENTEJO.

No ar desde 1987, é escutado com reverência, e orgulho pelas gentes castrenses

No ultimo sábado, por iniciativa dos seus ouvintes e colaboradores, realizou-se uma Festa no Cineteatro de Castro Verde, denominada FESTA DOS AMIGOS DA RÁDIO, que reuniu fadistas alentejanos, grupos corais e ex-alunos de viola campaniça Associação cultural Cortiçol , e o cantor alentejano Arlindo Costa.

Mas antes de entrarmos propriamente na crónica da festa, deixo aqui uma breve resenha histórica da Radio Castrense, contida do seu site oficial:


"História
A Rádio Castrense nasceu a 25 de Janeiro de 1987.
A onda de vontades e desassossego que inundou o éter do país chegou a Castro Verde pela mão de José Tomé dos Anjos e António Pereira. Os dois complementaram-se no desejo de levar a voz para lá da Rua Nova e chegar às aldeias e vilas das Terras Brancas.
O sótão do Tomé, entre fios e microfones, começou a ser pequeno para acolher todos os que desejavam pôr a voz no ar e descobrir os encantos da rádio. Uma nova casa, mais pessoas, os primeiros contratos de publicidade, uma grelha de programas. O caminho começou a ser pisado por muitos que não resistiram à vertigem da "pirataria" nos tempos do 92,8 FM.
Na véspera do Natal de 1988 o Governo quis ordenar as frequências que surgiam nas bandas das telefonias como os cogumelos nascem no campo. Fecharam-se as portas e calou-se a magia! Foram mais de seis meses de incómodo e forçado silêncio.
Voltámos a 6 de Julho de 1989. Prontos para a nova luta já em 93 FM.
Abrimos as portas à irreverência dos jovens. Aprendemos, partilhámos vontades, comprámos mais equipamento. Durante meia dúzia de anos procurámos crescer e estender a nossa âncora a outras terras e outras gentes.
A Rádio começou a fazer história e a entrar no quotidiano. Novembro de 1995 marca uma viragem absoluta. Novos estúdios, melhores instalações, uma forte aposta em equipamentos e na informatização da estação exigiu ainda mais de nós. Abrimos então o tempo da afirmação regional.
Com 20 anos de vida, a Rádio Castrense é uma estação estabilizada, com um quadro permanente de cinco pessoas e uma dezena de colaboradores. É verdadeiramente a rádio de referência das "Terras Brancas"!


A FESTA

Com a sala do Cineteatro lotada, a Festa começou com a actuação em palco do mais jovem grupo da Cortiçol, O GRUPO CORAL INFANTIL OS CARAPINHAS, fundado em 1987.


apresentadas pelo David Pereira e muito acarinhadas pelos aplausos da sala


à medida que as CARAPINHAS iam cantando, foram entrando no palco, deslocando-se para a sua rectaguarda ,as componentes do GRUPO CORAL CAMPONESAS DE CASTRO VERDE, para uma actuação em conjunto


após o que , as CARAPINHAS, deixaram o palco para actuação destas senadoras do cante no feminino.


e que detém a glória de terem sido o primeiro grupo feminino a ser criado em 1984.

Então, os locutores da Estação, cujas vozes nos acompanham diariamente nas diversas rubricas que escutamos, a CATARINA PALMA e o NELSON RODRIGUES, dirigiram-se à sala, não só agradecendo as presenças , mas também apresentado os representantes dos ouvintes que muito se empenharam na organização da Festa e dos seus patrocinadores .


E para completar os grupos da Cortiçol,subiram ao palco os ex-alunos de Viola Campaniça ,agora também chamados Moços d'uma Cana, e seus instrutores José Abreu,Pedro Mestre e David Pereira.



que uma vez mais mostraram a sua qualidade ,recebendo a expontânea adesão da sala



com palmas sincopadas e muitos, muitos aplausos.

A 2ª.parte do Programa foi preencchida pelo FADO ,por fadistas alentejanos, que foram sendo apresentados por um dos amigos da Rádio, o ouvinte JOSÉ COSME


JOSÉ AMARO, o fadista de Beja, a viver no Algarve foi o primeiro a actuar


e a receber as primeiras palmas fadistas da noite.


E veio outro fadista alentejano, de Aljustrel, o LUIS SATURNINO, que "em tons de fado"

entusiasmou a sala



que não resistiram e cantaram com o fadista,,,"Canôa, conheces bem,,,

Veio então a fadista de Almodôvar, ANA VALADAS, que com a sua voz fresca e muito apreciada, voltou a encantar os presentes



que rendidos encheram a sala de quantes aplausos




Chegou depois a vez de mais uma fadista alentejana .. de adopção, desta feita de Beja, mas há muito tempo a viver em Castro Verde,onde é muito acarinhada e se considera já uma castrense, a MARIA DOS SANTOS, um verdadeiro vulcão em palco



a levar a sala atrás,


com o seu entusiasmo,

Maria dos Santos, num acto de grande generosidade criou então um momento de grande significado ,ao prpporcionar a uma menina muito especial, a possibilidade de em palco,cumprir um sonho o de cantar à sua maneira, e a 3 vozes ,com ela e também com a participação da Ana Valadas,um fado perante uma plateia cheia e emocionada.



Depois, foi a vez de EDGAR BALEIZÃO



que só teve de despir o casaco, e passar de tocador a fadista ....




No final , toda a equipa da Rádio , e a comissão organizadora da Festa, incluindo o Presidente da Cortiçol, subiram ao palco , em agradecimento pela presença maciça de amigos da Rádio


Mas a Festa não tinha acabado.
Não
Subiu então ao palco, para uma 3ª.parte ,uma figura muito querida de Castro Verde, e dos ouvintes da Rádio Castrense, o ARLINDO COSTA.




Os aplausos da sala marcaram a sua actuação.



e foram um final marcante para uma noite muito bem passada.
Venham mais.