sábado, maio 31, 2008

FIM DE SEMANA ALENTEJANO EM VALE FLORES

.


O Alentejo pode ser onde o homem estiver. Digo isto porque é muito raro, aí pelo país fóra, não encontar um alentejano na esquina duma rua, numa loja a fazer compras ou do outro lado do balcão, no café a tomar a bica, no autocarro, no Metro ,no cinema ou na fila do supermercado.




Estava eu a comprar o jornal no Feijó, uma freguesia de Almada, eis que vejo colado numa paragem de autocarro
o cartaz que mostro acima , a anunciar a realização do fim de semana alentejano em Vale Flores,aqui na freguesia do Feijó.

Acabado de chegar de Castro Verde, pensei para mim mesmo: "o Alentejo é omnipresente, está em toda a parte"

O programa é de 2 dias, hoje ,sábado fui até Vale Flor vêr e ouvir o Grupo Coral Cantadeiras da Alma Alentejana.Já as tinha ouvido cantar na Cova da Piedade.
Têm grande qualidade, aproveitei para as aplaudir ,a bater uma foto e a captar imagens das suas interpretações que aqui edito no nosso blog.

O Grupo Coral Feminino Alentejano As Cantadeiras da Alma Alentejana nasceu em 19 de Dezembro de 2004, e teve a sua primeira actuação em 13 de Março, 2005
Têm actualmente 22 elementos, embora hoje só tenham actuado 16.



O programa prossegue amanhã, conforme se poderá lêr clicando no cartaz ao cimo da página.

OS GANHÕES cantam assim CASTRO VERDE



CLICA NA IMAGEM PARA LÊR O POEMA

OS ADIAFA

.

sexta-feira, maio 30, 2008

preliminares

.
O marido decide mudar de atitude. Chega em casa todo machão e ordena:
- Eu quero que você prepare uma refeição dos deuses para o jantar e
quando eu terminar espero uma sobremesa divina. Depois do jantar você
vai me trazer um whisky e preparar um banho porque eu preciso relaxar.
E tem mais: Quando eu terminar o banho, adivinha quem vai me vestir e
me pentear?
O homem da funerária... Respondeu placidamente a esposa.

quinta-feira, maio 29, 2008

Flores nas ruas de Castro Verde



Maio está no fim, mas as flores continuam a dar graça às ruas de Castro, neste particular ,à Praça da Republica

feira das velharias

.
É em Almodôvar, no próximo Sábado

quarta-feira, maio 28, 2008

GALA DA RÁDIO CASTRENSE

.
SEXTA FEIRA 30, ÀS 21,30,
NO CINE-TEATRO DE CASTRO VERDE

GALA DO DESPORTO - RADIO CASTRENSE

Rádio Castrense promove distinções
Durante a gala do dia 30 de Maio serão entregues os troféus Instituições, Futuro e Carreira. A Rádio Castrense encontrou na organização da Gala do Desporto a forma de, ano após ano, premiar e distinguir os melhores da comunidade desportiva da região. Mais que uma festa, a Gala do Desporto da Rádio Castrense é o palco onde se encontra toda a comunidade desportiva do Baixo Alentejo. Este ano, durante a 16ª Gala do Desporto, a Rádio Castrense vai, à imagem das edições anteriores, promover três distinções à margem dos prémios habituais. Nesse sentido, o Centro Republicano de Instrução e Recreio Aljustrelense vai receber o Troféu Instituições, pela dinamização da prática desportiva no concelho mineiro por parte desta colectividade já centenária. Por seu lado, os jovens Tânia Santiago e António Vilhena, atletas do Entradense, serão agraciados com o Troféu Futuro, enquanto que o jornalista José Saúde será distinguido com o Troféu Carreira. A música será, igualmente, um dos pratos fortes da noite de 30 de Maio.
A abrir a 16ª Gala do Desporto da Rádio Castrense, que se vai realizar a partir das 21h30 no Cine-Teatro Municipal de Castro Verde, vai estar a magia do nosso cante pel’As Vozes de Casével. Depois, actuam os bejenses Adiafa, que em Castro Verde vão apresentar ao vivo alguns dos temas de “Nã Há Vagar”, o terceiro e mais recente álbum do grupo d’ “As Meninas da Ribeira do Sado”.

terça-feira, maio 27, 2008

BIBLIOTECA



A Biblioteca Manuel da Fonseca, de Castro Verde, é um equipamento de grande valôr e utilidade para não só a Vila de Castro, mas também para o Concelho, pois ao levar a riqueza que constituem os livros a todo o espaço concelhio, através do seu serviço itenerante ,realiza um serviço público insubstituível.

No recolhimento da sua sala de leitura ,tenho utilizado o seu sinal internet para a edição do nosso blog, o que muito em ajudado, especialmente na pós produção de imagens vídeo e fotos.


.
A Biblioteca Municipal Manuel da Fonseca foi inaugurada a 22 de Abril de 1995, em homenagem ao escritor do neo-realismo português, nascido em Santiago do Cacém, em 1911. Fez parte do grupo do Novo Cancioneiro, grupo de jovens poetas que em princípios dos anos 40 tentaram criar poesia de carácter social. A sua obra á fundamental para compreender o Alentejo do século XX.

A Biblioteca Municipal Manuel da Fonseca possui os seguintes serviços:
Consulta presencial;
Empréstimo domiciliário de livros, CD’s, CD-ROM’s, DVD’s, DVD-ROM’s, VHS e revistas;
Empréstimo inter -bibliotecas;
Espaço Internet;
Espaço infantil;
Espaço de leitura de periódicos diários e semanários;
Hora do conto;
Animação cultural (encontros com escritores, clubes de leitura, leitura em lares, exposições, entre outras actividades relacionadas com a promoção do livro);
Biblioteca itinerante;
Biblioteca na piscina.
A posse do cartão de utilizador permite usufruir do serviço de empréstimo domiciliário. O pedido de cartão é gratuito, sendo necessário preencher um formulário existente na biblioteca, apresentação do Bilhete de Identidade, um comprovativo da morada e uma fotografia.

Fundo Documental:

Livros: 34341
CD’S: 1917
CD-ROM’s: 507
DVD’s: 1557
VHS: 1639

O Fundo documental da Biblioteca Municipal Manuel da Fonseca está em permanente actualização.

Empréstimo Domiciliário:

Livros: pode-se requisitar até 4 livros, por um período de 10 dias úteis, sendo renovável por mais duas vezes;
DVD’s, CD’s, CD/DVD-rom e VHS: pode-se requisitar um documento de cada tipo por um período de 3 dias úteis;
Revistas: pode-se requisitar até três revistas, desde que não sejam os dois últimos números de cada;
Obras de referência e documentos identificados com uma “bolinha” vermelha na zona da lombada não são passíveis de empréstimo domiciliário.

A Biblioteca funciona no seguinte horário:

De 15 de Setembro a 15 de Julho
2ª a 6ª Feira: 10:00h às 19:00h
Sábado: 14:00h às 19:00h

De 15 de Julho a 15 de Setembro
2ª a 6ª Feira: 10:00h às 19:00h

A Biblioteca Itinerante, de que acima falei ,tem o seguinte programa:

De 15 em 15 dias, excepto o mês de Agosto.

2ª Feira: a partir das 10:00h (Almeirim, Casével, Aivados e Estação de Ourique)
3ª Feira: a partir das 10:00h (Geraldos, Sete e Beringelinho)
4ª Feira: a partir das 10:00h (Viseus, Santa Bárbara de Padrões e Namorados)
5ª Feira: a partir das 10:00h (Rolão, São Marcos da Atabueira e Salto)
6ª Feira: a partir das 10:00h (Neves, Corvo e Lombador)

Biblioteca na Piscina:

Funciona durante a época de abertura de Verão da Piscina Municipal, com o seguinte horário: 14:00 - 18:00 horas.

actualidade...mais que nunca

.

segunda-feira, maio 26, 2008

CASTRENSE FEZ A DOBRADINHA

.
O CASTRENSE VENCEU O
MOURA NA FINAL DA TAÇA
DO DISTRITO DE BEJA



FC Castrense venceu Taça Distrito de Beja.

A equipa de futebol sénior do FC Castrense realizou uma época em pleno, ao alcançar no último domingo, dia 25 de Maio, a conquista da Taça Distrito de Beja, à qual se junta a vitória no Campeonato da I Divisão Distrital da Associação de Futebol de Beja, alcançando assim a “dobradinha” nesta época futebolística.



A final da taça decorreu no Complexo Desportivo Fernando Mamede em Beja, onde a equipa de Castro Verde derrotou o Moura AC por 1-0, confirmando a sua excelente forma desportiva. Para o ano o FC Castrense vai disputar o Campeonato da III Divisão Nacional Série F.

preliminares

.
Um casal tinha dois filhos, um de 8 e outro de 10 anos, que eram umas pestes. Os pais sabiam que se houvesse alguma travessura onde moravam, eles com certeza estariam metidos. A mãe das crianças ficou sabendo que o novo padre da cidade tinha tido bastante sucesso em disciplinar crianças.
Então ela pediu ao padre que falasse com os meninos. O padre concordou, mas pediu para vê-los separadamente.
A mãe, então, mandou primeiro o filho mais novo.
O padre, um homem alto com uma voz de trovão, sentou o puto e perguntou-lhe austeramente:
- Onde está Deus?
O puto abriu a boca, mas não conseguiu emitir nenhum som, ficou sentado, com a boca aberta e os olhos arregalados.
Então, o padre repetiu a pergunta num tom ainda mais severo:
- Onde está Deus?
Mais uma vez o puto permaneceu de boca aberta sem conseguir emitir nenhuma resposta.
Então, o padre levantou ainda mais a voz, e com o dedo no rosto do puto berrou:
- ONDE ESTÁ DEUS?
O puto saiu correndo da igreja directamente para casa e trancou-se no quarto.
Quando o irmão mais velho o encontrou, perguntou-lhe:
- O que é que aconteceu?
O irmão mais novo, ainda tentando recuperar o fôlego, respondeu:
- Desta vez estamos mesmo quilhados... Deus desapareceu e acham que fomos nós!

domingo, maio 25, 2008

Flores nas ruas de Castro Verde



A Praça da Republica fica ainda mais bonita com as flores de Maio

hoje, FINAL DA TAÇA DISTRITAL, -CASTRENSE-MOURA, em Beja

.
O CASTRENSE E O MOURA DISPUTAM
HOJE A FINAL DA TAÇA DO DISTRITO
DE BEJA.

FINAL DA TAÇA DISTRITO DE BEJA - SÉNIORES



A Final da Taça do Distrito de Beja - Seniores, encerra a época desportiva 2007/2008 da Associação de Futebol e Beja e joga-se este Domingo pelas 17H00 no Complexo Desportivo Fernando Mamede em Beja, entre o Moura Atlético Clube e o Futebol Clube Castrense. Recorde-se que o Castrense é o campeão distrital e procura a dobradinha, enquanto que o Moura, terceiro classificado e detentor da taça, procura conquistar o último troféu da temporada.

sábado, maio 24, 2008

terras alentejanas - a CAIADA

.
Foi um pouco por acaso que conheci a CAIADA, uma localidade da Freguesia de Senhora da Graça de Padrões ,Concelho de Almodôvar


Aqui no nosso blog ,tenho dado conta e imagens de algumas Vilas, aldeias e localidades mais pequenas do nosso Alentejo, e hoje, gostosamente, dou a conhecer a quem não conhece, e a recordar , para os que cá viveram e partiram, a bonita CAIADA.

Ao chegar à Graça de Padrões, vindo de Castro Verde, reparei numa placa à saída da freguesia que indicava :CAIADA.

Trazia os meus cunhados Zé Rodrigues e Barbara, perguntei?
-Vamos até lá?
-É longe?
-São só 6 kms e vale a pena, respondeu

A Caiada é daquelas povoações a que se adere logo à primeira vista.



Logo â chegada deparou-se-nos esta velha oliveira que o ano passado peoduziu, só ela, 160 kilos de azeitona



Já em tempos que já lá vão, teve 32 casas de familias, dir-me-ia um dos moradores
Hoje já só tem 4 casas com residentes


A Caiada , apesar de tão grande perca de residentes, e algumas casas em ruína, tem nas edificações dos que ficaram ,e daqueles que tendo imigrado conservam as suas casas ,agora para férias férias, muito arranjadas, pintadas, bonitas de se vêr.


Ah, e tem um jardim público surpreendente

Um espaço verde com um belissimo equipamento sanitário equipado com duches, que faz inveja a muitas vilas e até cidades. E tudo muito bem cuidado.
Tudo isto só para 4 famílias..!!!



A calma e tranquilidade só se alteram nos dias 1º. de Maio de cada ano, quando se realiza uma festa que acolhe todas as familias e pessoas que tiveram ou têm



ligações com a localidade.



O nosso blog prometeu que para o ano que vem, vai lá estar na festa do 1º. de Maio.

preliminares

.
Quando cheguei a casa à noite, a minha mulher
insistiu que a levasse a sair, a um sítio bem caro.....
Levei-a a uma bomba de gasolina !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

sexta-feira, maio 23, 2008

POETAS DE CASTRO VERDE

.
POEMA DOS NOMES E APELIDOS

I

Macho caprino é "chibato"
Se fôr velho e fôr barbado
Carneiro novo é "malato"
Se já da mãe apartado

II

Se a cabra é de pouca idade
"Anaca" tem de "apelido"
Se ainda não tiver perdido
Toda a sua virgindade..

III

Diz-se "borrego rancolho"
Se não pode ser "paisana"
Falta-lhe "um"....tem esse escôlho,
Ovelha velha é "badana"

IV

A porca jovem "marrã"
Ovelha estéril - "machôrra"
Porque não cria -"está forra"
Mas dá sempre melhor lã

V

Se o porco foi engordado
À custa da azinheira
O que aumentou no montado
Chama-se de "montanheira"

VI

"Vitela",vaca e "novilho"
"Anojo", "bezerro" e "touro"
Saídos do matadouro
"Carne de vaca" é estribilho...

VII

"Bácoro" é porco pequeno
Se fôr maior é "sovão"
"Varrasco" se fôr inteiro
Se mama,-apenas leitão

VIII

Filho de égua é cavalinho
Se o cavalo foi certeiro
Mas será "um macho" inteiro
Se o burro foi mais certinho

IX

"Macho aguariço" é mais forte
Herdou da mãe a nobreza
Tem da égua melhor porte
Tem do burro a natureza

X

"Macho asneiro" é sofredor
Tem da burra a resistência
"Casada" por conveniência
Com um belo trotador

XI

À mula de tenra idade
Dá-se o nome de "mamona"
A égua na mocidade
É "poldra" ,...depois matrona

XII

Se o gado é do maioral
E não pertence ao patrão
Chama-se "o ovelhal"
Morre menos e é mais são...

21/01/1989

Poema de ALVES DA COSTA

quinta-feira, maio 22, 2008

Flores nas ruas de Castro Verde



Castro Verde e Maio rima com flores

preliminares

.
Um dos maiores cardiologistas da cidade morreu. No seu funeral, o seu
caixão foi colocado em frente a um enorme coração feito de rosas
vermelhas.
Quando o padre terminou o sermão e toda a gente se despediu do médico
falecido, o
grande coração abriu-se, o caixão passou através dele e o coração
voltou a fechar-se. Foi uma majestosa homenagem ao tão amado
cardiologista.
De repente, um dos presentes desata a rir loucamente.
Irritado com tal falta de respeito e sensibilidade, o homem que estava
a seu lado pergunta:
- Como é que o Sr. se pode rir num momento de tanta dor ?
Responde-lhe o que estava a rir:
- Sabe, estava a pensar no meu próprio funeral..... é que eu sou
ginecologista!!!!

quarta-feira, maio 21, 2008

os nossos artistas - ZÉ ARSÉNIO


(PARA LÊR CLICA NA IMAGEM COM O RATO)

POEMA "O ROUXINOL=
de
ZÉ ARSÉNIO

Já comi já bebi
já bebi minnha garganta
eu sou como o rouxinol
quando bebe logo canta


I
Venha o copo venha a pinga
venha mais uma litrada
e depois mais meia canada
para esta sede matar
mas não me quero afogar
porque ainda não quero morrer
tenho muito que aprender
e recordar algo que já esqueci
e depois poder dizer
já comi e já bebi

Minha fala minha fala
minha fala não é esta
já foi boa hoje não presta
já não parece a minha
tão boa fala que eu tinha
cantava como um passarinho
cantava mesmo sòzinho
minha vontade era tanta
já bebi mais um copinho
já molhei minha garganta

Gosto muito de cantar
seja fado ou canção
para enganar o coração
coração também se engana
também canto à alentejana
porque sou do alentejo
provícia que muito invejo
canto nascer ao pôr do sol
é tão grande o meu desejo
eu sou como o rouxinol

O rouxinol no arvoredo
metido entre a ramagem
transmite a sua mensagem
de manhã anuncia o dia
canta com muita alegria
são lindos os seus trinados
quando canta nos silvados
e o seu cantar me encanta
vai beber com muitos cuidados
quando bebe logo canta

Zé Arsénio

segunda-feira, maio 19, 2008

Flores nas ruas de Castro Verde



As ruas de Castro estão cheias de flores, ou não estivéssemos no mês de Maio.

.

domingo, maio 18, 2008

"O HOMEM QUE à TERRA CANTA", VOZES, VIOLAS E GUITARRAS



No passado dia 9, o nosso blog teve o privilégio de ter estado presente no excelente espectáculo que teve lugar no Cine Teatro de Almodôvar.

Sob a égide da Rede de internacional de Municipios pela cultura tivémos um espectáculo a que chamaram:
"O HOMEM QUE à TERRA CANTA", VOZES, VIOLAS E GUITARRAS

Como o título sugere,o espectáculo construíu-se em torno de instrumentos de cordas, como violas, violões e guitarras, tendo passado pelo palco artistas de diversas culturas, como: a Alentejana (Portugal), a Andaluza (Espanha), e a Mineira (Brasil).

A abrir , esteve a "equipa da casa", que já nos vem habituando à solidez da sua qualidade - o GRUPO CORAL VOZES DE ALMODÔVAR.

Muito aplaudidos, muito acarinhados, deram um excelente pontapé de saída a uma noite que se revelaria estimulante.

Tivémos também a sonoridade escaldante da viola flamenca e a voz de Juan Luis Ramirez.

Ainda na língua e na pronúncia de Camões ,ouvimos com atenção prazeirosa as belas modas do Rancho de Cantares de Aldeia Nova de São Bento, com as suas vestes muito singulares,e a guitarra portuguesa de Armando Torrão, a que se juntou a voz poderosa da fadista Fernanda Oliveira e da já consagrada Ana Valadas de Almodôvar, a quem sempre ouço com muito agrado e que a cada actuação que estive presente, cresce e avança para uma dimensão já muito elevada, e ainda o grupo de jovens alunos do Pedro Mestre. Todos encantaram a plateia que os aplaudiu generosamente.


Já tinha assistido ao vivo a actuações em palco de Chico Lobo de São João Del Rey, Minas Gerais, em conjunto com Pedro Mestre de Castro Verde. Foi em Almada no Verão de 2007, e então gostei bastante.
Tenho seguido a carreira de ambos ,individualmente e em conjunto.
A de Pedro, em multiplas actuações ao vivo, em Castro Verde, Almodôvar e outras localidades, quer na sua vertente de músico, interprete de viola campaniça, quer no Grupo de cante "Violas campaniças", ou ainda no seu novo grupo "4 ao Sul", não esquecendo a sua faceta de construtor de violas e de mestre da arte das as tocar, o que constitui uma certeza de que as gerações futuras continuarão a tradição.
Como o Pedro, aparece uma pessoa com esta potencialidade de muitos em muitos anos

Falando do Chico Lobo, também o nosso blog segue a sua carreira desde Julho do ano passado, época em que o vi e escutei pela primeira vez em Almada.
Através dos seus blogs e do youtube tenho vindo a estar "em dia" com os seus shows ao vivo, as suas deslocações no Brasil, as suas imagens.

O encontro dos dois, do Pedro com o Chico, foi uma mais valia para a música, e resultou na constatação de que ambos tocam com violas cuja estrutura e sonoridade têm semelhanças incríveis.
A viola campaniça do Alentejo, e a a viola caipira do Estado brasileiro de Minas Gerais, casam-se na perfeição.

No Concerto de Almodôvar os dois e as suas violas levaram a sala ao rubro, e às tantas, já não se sabia quando é que o som de uma viola acabava e a outra começava.


Gostei imenso do temas: "Vazante", do "Batuque da viola" e especialmente da "Morena do Alentejo" e do "Centro ao centro", cantado em apoteose com o palco repleto com todos os cantores e grupos presentes a entoá-lo. Mais parecia uma cena coreografada para uma ópera mum "finale"...de belo efeito.


Foi um belo espectáculo!!!

sábado, maio 17, 2008

OS NOSSOS POETAS - ALVES DA COSTA

.
O NOSSO BLOG APRESENTA HOJE
UM POEMA DE ALVES DA COSTA,
UM AUTOR ,QUE É FILHO DA TERRA,
E QUE FOI ESPECIALMETE CRIADO
PARA OS JOGOS FLORAIS DE CASTRO
VERDE DE 1991.

"IA TRISTE...VIM FELIZ"

Fui à Igreja Matriz
Subi à varanda sineira
Ia triste...vim feliz
"É tão linda a minha terra"
.
Da nossa Igreja Matriz
Vi o Campo e vi a Serra
Tudo em segredo me diz
"É tão linda a minha terra"
.
Vi alqueives ,vi montados
Tudo o que a planície encerra
E vi da vila os telhados
"É tão linda a minha terra"
.
Vi chaminés, quintalinhos
Vi flores na Primavera
Nos cerros - velhos moinhos
"É tão linda a minha terra"
.
Vi as searas de trigo
E lá ao longe a ribeira
Vi coisas que aqui não digo..
"É tão linda a minha terra"
.
Olhando daqui Castro Verde
Da sua fiel sentinela
Toda a tristeza se perde
"É tão linda a minha terra"

(ASA REDONDA)

Poema assinado então
pelo seu pseudónimo

Aqui fica o agradecimento
ao amigo José Vargas Batista,
que obteve a permissão do
autor para a divulgação deste
belo poema.

preliminares

.
É enviado um neurónio ao cérebro de um homem.
Ele chega, entra e não encontra nada.
Há alguém aqui? - pergunta baixinho.
- HÁ ALGUÉM AQUI? OOOOLÁAAA!!
- NÃO HÁ NINGUÉM!!! Snif, snif...
O pobre neurónio encontrava-se sozinho Ali.
Começou a ficar muito triste e seguia lamuriando-se:
- Eu aqui tão sozinho... Snif... Snif... Para o resto da vida... Snif!
De repente, ouve um ruído de alguém que se aproximava... Era outro neurónio que, ao vê-lo, pergunta:
- Que fazes aqui sozinho? Porque choras?
- Porque pensava, snif... Que não havia ninguém e que IA ficar aqui para sempre sem companhia... Snif...
- Tás parvo, ou quê? Somos imensos!Estamos é todos lá em baixo, no meio das pernas, onde há uma g'anda festa... Eu só subi para vir buscar gelo!...

sexta-feira, maio 16, 2008

Castro Verde há muitos anos



Foto antiga de Castro Verde onde se pode vêr o antigo coreto junto à Basilica Real.

quinta-feira, maio 15, 2008

Castro e as flores



As ruas de Castro estão cheias de flores

quarta-feira, maio 14, 2008

preliminares

.
"Diario de um Padre
Eu estava tão nervoso na minha primeira missa, que no sermão não conseguia falar. Antes da segunda missa, dirigi-me ao Bispo perguntei como devia fazer para relaxar. Este, por sua vez, recomendou-me o seguinte:
- Coloque umas gotinhas de vodka na água, vai ver que da próxima vez estará mais relaxado.
No Domingo seguinte, apliquei a sugestão do meu Bispo, e estava tão relaxado, que podia falar alto até no meio de uma tempestade, tão descontraído que estava. Ao regressar a casa, encontro um bilhete do meu Bispo, que dizia o seguinte:

Caro Padre:
1º - Da próxima vez, coloque umas gotas de VODKA na água e não umas gotas de água na VODKA;
2º - Não há necessidade de por limão e sal na borda do cálice;
3º - O missal não é, nem deverá ser usado, como apoio para o copo;
4º - Aquela casinha ao lado do Altar é o confessionário e não o WC;
5º - Evite apoiar-se na imagem de Nossa Senhora, e muito menos abraçá-la e beijá-la;
6º - Os mandamentos são 10 e não 12;
7º - 12 são os apóstolos, e nenhum deles era anão;
8º - Não nos devemos referir o nosso Salvador e seus apóstolos como 'JC & Companhia';
9º - Não deverá referir-se a Judas como 'filho da puta';
10º- Não deverá tratar o Papa por 'O Padrinho';
11º- Judas não enforcou Jesus, e Bin Laden não tem a ver com esta história;
12º- A água Benta é para benzer e não para refrescar a nuca;
13º- Nunca reze a missa sentado nas escadas do Altar;
14º- Quando se ajoelhar, não utilize a Bíblia como apoio ao joelho;
15º- Utiliza-se o termo ámen e não 'ó meu';
16º- As hóstias devem ser distribuidas pelos fiéis. Não devem ser usadas como aperitivo antes do vinho;
17º- Procure usar roupas debaixo da Batina, e evite abanar-se quando estiver com calor;
18º- Os pecadores vão para o inferno e não para 'a puta que os pariu';
19º- A iniciativa de chamar os fiéis para dançar foi plausível, mas fazer um 'comboio' pela igreja...
20º- Não deve sugerir que se escreva na porta da Igreja HOSTIA BAR.
P.S.: Aquele que estava sentado no canto do Altar ao qual se referiu como 'paneleiro travesti de saias' era eu!!...
Espero que estas suas falhas sejam corrigidas no próximo Domingo.
O Bispo

terça-feira, maio 13, 2008

ROMARIA DE SÃO MIGUEL

video
Como aqui já havia anunciado, decorreu neste ultimo fim de semana , a ROMARIA DE SÃO MIGUEL.

Pelas 9 e tal da manhã de Domingo, a procissão percorreu as ruas da Vila de Castro Verde até ao Estádio 25 de Abril, local onde os andores foram instalados em carrinhas , efectuando o percurso de cerca de 7 kms, entre a Vila e a Ermida da Capelinha de São Miguel,autotransporados.


UMA DAS CARRINHAS DE CAIXA ABERTA, QUE TRANSPORTOU UM ANDOR.

A capelinha fica junto à Herdade dos Gregórios.
E foi nela que se resou missa pelas onze e meia da manhã



Seguiu-se a abertura da Kermesse e o almoço.
Muitos levaram farnel de casa, outros serviram-se do barzinho ad-hoc de campanha ,montado nas ruinas duma das casas que ladeiam a capela.

Por volta das 3 e meia da tarde iniciou-se um espectáculo a que a organização deu o nome de "ALEGRE CONVIVIO"

Actuaram os GANHÕES DE CASTRO VERDE", AS CAMPONESAS DE CASTRO VERDE, e o acordeonista RUI PIRES.

DEPOIS VEIO O BAILE

O ROUXINOL DO ALENTEJO PÕE O PESSOAL A DANÇAR

E foram muitos os que se aventuraram a seguir o ritmo vivo da arte do ROUXINOL DO ALENTEJO


O BAILE ESTEVE ANIMADO

Também havia cavalos que alguns se aventuraram a experimentar, cavalgando com e sem ajuda


CAVALOS PARA DAR UMA VOLTINHA

E quem gosta de petiscos , não resistiu ao polvo


BANQUINHA DE VENDA DE POLVO

Ao fim da tarde as imagens regressaram nas carrinhas e a Procissão foi retomada no Estádio, desta vez no formato de Procissão das velas.

E pronto , foi mais uma Romaria de São Miguel

JAZZ em ALMODÔVAR

.


Vamos ter jazz de alto nível em Almodôvar com
ESTAMBUL

Este projecto ESTAMBUL é formado por músicos de várias formações e utilizam instrumentos musicais de multiplas origens, como:
o bendir - pandeiro turco,
o ney - flauta turca
o santur - alteiró iraniano

entre outros

Os músicos que comstituem o ESTAMBUL são:

o IGNACIO BEJAR C/ SAXO, FLAUTA
JUAN MANUEL RUBIO - sanfoma e santur
STANISLAO WAFLAR
e ALVARO GARRIDO - pandeiro

Eles actuam no dia 16

e
JACINTA


Jacinta destacou-se por ser a primeira artista portuguesa a ser editada pela prestigiada Blue Note Records, especializada em Jazz. Realizou um mestrado de Jazz Performance na Manhattan School of Music, tendo actuado diversas vezes com grandes nomes do Jazz, como Jane Monheit, Peter Eldridge, Greg Osby, entre muitos outros.

Em 2007 foi considerada a melhor artista de jazz do continente europeu, de acordo com a iniciativa “O Melhor da Europa”.

Ela vai estar em Almodôvar no dia 17.

preliminares

.
Uma solteirona descobre que uma amiga ficou grávida só com uma oração que rezou
na igreja de um lugarejo próximo.
Dias depois, a solteirona foi lá a essa igreja e disse ao padre:
- Bom dia, padre.
- Bom dia, minha filha. Em que posso ajudá-la?
- Sabe, padre, soube que uma amiga minha veio aqui e ficou grávida só com uma
ave-Maria.
- Não, minha filha, foi com um padre nosso, mas já o transferimos

segunda-feira, maio 12, 2008

poema

.
POEMA DE
ZÉ ARSÉNIO

Eu fui ao Jardim das Rosas
lindas rosas eu fui ao jardim
acolher uma flôr
lindo amor para te dar a ti
.
Lindo amor para te dar a ti
pata ganhar teu coração
lindas rosas eu fui ao jardim
acolher esse botão




)(

domingo, maio 11, 2008

preliminares

.
Um francês de Paris, um americano do Texas e um português alentejano conversam entre eles.
Diz o Americano: na América temos um porta-aviões que transporta 1000 aviões.
Diz o francês: na França temos um hotel que acomoda 20 000 pessoas.
Diz o Alentejano: eu tenho uma pila onde cabem 200 passarinhos empoleirados.

Passado um bocado diz o americano: eu exagerei ... O porta aviões só
leva 150 aviões!
Diz o francês: eu também exagerei, o hotel só dá para 1000 Pessoas!
Diz o Alentejano: eu confesso que também exagerei um bocadinho
.... O último pássaro já fica com uma patita de fora ...

sábado, maio 10, 2008

HOJE, HÁ BAILE NOS PORTEIRINHOS

.





Vai ser pelas 22,00 no Centro Cultural dos Porteirnhos e vai estar animado
pela TELMA SANTOS.

Os bailes dos Porteirinhos são já famosos pelo grau de grande animação que sempre atingem.

pedido de ajuda

.


CHEGOU-NOS ESTE PEDIDO
DE AJUDA DE FERREIRA
DO ALENTEJO

"A pedido do Agrupamento 1071 de Ferreira do Alentejo, agradeço que façam passar esta mensagem para todos os vossos contactos de mail.

A SARA MARIA ARSÉNIO FRANCO de 7 anos, residente em Ferreira do Alentejo, precisa urgentemente de encontrar um dador de medula com as seguintes características:
G.S. - A POSITIVO 2ª FASE
HOSPITAL D. ESTEFÂNIA "


Vamos esgotar esforços para tentar ajudar esta criança a encontrar um dador compatível!

Basta reenviarmos este mail e fazer com que ele chegue ao maior número de pessoas possível.

Contactos: 966083327/ 968589896

recordando a noite louca dos entrouxos

.


A noite dos entrouxos do carnaval deste ano, foi das mais loucas a que assisti em Castro Verde.

Esta imagem refere-se ao arraial que se instalou à porta do Cine Teatro, com um carro tipo "trem electrico", de onde brotava uma música delirante, motivo suficiente para pôr toda a gente a damçar.

sexta-feira, maio 09, 2008

CASTRO VERDE visto do ar

.

TESTEMUNHO DE UM TORNADO EM CASTRO VERDE

.

FOTO DE UM TORNADO OCORRIDO EM CASTRO VER DE EM 1987

ROMARIA DE SÃO MIGUEL

.
É JA NO DOMINGO, 11
E ACONTECE DE CASTRO
VERDE E DE CASEVEL
PARA A ERMIDA DE
SÃO MIGUEL.



Ermida de São Miguel

É na freguesia de Casével, junto aos montes Gregórios, que se ergue a pequena Ermida de São Miguel, construída sobre um templo de época mais remota.



Local de antigas peregrinações, apresenta construções destinadas aos romeiros. De planta quadrangular, o seu exterior é marcado pela simplicidade, de características rurais.

No interior, de uma só nave, destaca-se a capela-mor, envolta num arco de volta perfeita. Terá sido a rainha Dona Maria I quem mandou revestir o templo a azulejos, uma exuberante decoração interior que contrasta com a modéstia das fachadas caiadas.

Associada à história da fundação desta ermida, a Fonte Santa ou Fonte do Milagre, a cerca de um quilómetro de distância, merece observação cuidada. Do século XVIII, apresenta planta quadrada rematada por uma cúpula, e paredes com três arcos de volta perfeita.

Programa:

09,00 A procissão percorrerá a Vila de Castro até ao Estádio 25 de Abril, local a partir do qual a deslocação se fará de automóvel até à capela, pela estrada Castro Verde-Casevel .

11.30 Celebração da missa na Capela de São Miguel.

15,00 Festa "Alegre convívio" com :

Ganhões de Castro Verde
Camponesas de Castro Verde
Acordeonista Rui Pires
Kermesse

21,00 Procissão das velas

quinta-feira, maio 08, 2008

amanhã e depois em ALMODÔVAR

.
A 9 DE MAIO
EM ALMODÔVAR

GARVÃO

.
VEM AÍ A FEIRA DE GARVÃO

XIV Exposição Agro-Pecuária

É já no próximo fim-de-semana que irá decorrer a XIV Exposição Agro-Pecuária em Garvão, organizada pela Câmara Municipal de Ourique e pela Associação de Criadores de Porco Alentejano. A Feira de Garvão, como também é conhecida, começa na próxima sexta-feira, 9 de Maio, e termina no próximo dia 11 de Maio.
A edição deste ano da Feira de Garvão tem início no dia 9, pelas 15h00, com a selecção e caracterização do melhor grupo de ovinos. Pelas 21h30 é tempo das danças de salão subirem a palco, para, meia hora depois, haver um espectáculo de tunas académicas a animar a noite. À meia-noite, haverá baile, onde todos poderão dar um pezinho de dança.
No sábado, pelas 10h30, irá haver uma mostra de equitação. Pelas 11h00 terá lugar o leilão de reprodutores. Logo de seguida, haverá um almoço-convívio pelas 13h00.

Da parte da tarde, pelas 14h00, irá acontecer a 1ª Prova de Atrelagem. Às 17h00, a Praça de Touros Dr. António Semedo irá encher-se de público para assistir a uma grandiosa tourada com os cavaleiros Joaquim Bastinhas, Tito Semedo e Pedro Salvador, e abrilhantada pelos grupos de forcados amadores de Cascais e de Monsaraz.

À noite, pelas 21h00, não se deverá perder o cante ao baldão. Às 22h00, haverá mais um baile para animar o público, para, de seguida (00h00), subir a palco o cantor Carlos Granito.
No domingo, dia 11 de Maio, o dia começará com o colóquio “Defesa da Floresta Contra Incêndios”, pelas 10h00. Às 11h00 terá lugar o Concurso Regional do Rafeiro do Alentejo.

Depois do almoço-convívio (13h00), será tempo de uma prova de trabalhos equestres pelas 14h30. Às 17h00 terá lugar uma garraiada à alentejana.
A XIV edição da Feira de Garvão é mais um passo na afirmação dos produtos de qualidade do concelho de Ourique, nomeadamente, do porco alentejano.


Garvão é uma freguesia portuguesa do concelho de Ourique.

Garvão é uma povoação muito antiga, com ocupação permanente há mais de 4000 anos, que deve a sua origem, segundo alguns, à ordem de S. Tiago logo no princípio da Monarquia.

"Aranni", pensa-se, foi o seu primeiro nome na Época Romana. No século II d. c., Ptolomeu falava de "Arandis" como sendo uma cidade Céltica. Os Mouros chamavam-lhe "Garabon", que significa "corvo", e daí aparece "Garvão" como é hoje conhecido.

Garvão teve origem em tempos muito remotos, atribuídos à Época do Ferro, ou mesmo anteriores, visto a sua localização ser bastante apropriada para tal. A comprovar estas suspeitas, há vestígios arqueológicos no Forte, na Rua do Castelo e em muitos outros sítios.

O Forte está rodeado por duas ribeiras e tem uma altura elevada em comparação com os terrenos que o envolvem, factores que lhe atribuem uma defesa natural necessária.

O Rei D. Manuel reformou-lhe o foral a 1 de Junho de 1512, dando-lhe novos e maiores privilégios.

Entre os principais edifícios e estabelecimentos encontravam-se a Paróquia, a Casa da Misericórdia, o Hospital, a Antiga Casa da Câmara, o Pelourinho e ainda as Ermidas do Espírito Santo, de S. Pedro e de S. Sebastião.

O brasão de armas da antiga vila é um escudo com uma árvore verde em fundo de prata, com duas cruzes de púrpura de S. Tiago na sua parte superior.

A vila está situada em terreno muito fértil, passando no meio uma ribeira que é afluente do Rio Sado.

Garvão, para além de produzir cereais, legumes e frutas, tem uma intensa criação de gado suíno, bem como as típicas vacas garvanesas (conhecidas assim por representarem sempre a Feira Anual de Gado de Garvão).

Realiza-se nesta vila uma Feira que, já na Idade Média era considerada a maior realização do Sul do País, pelo volume de transacções que se realizavam no âmbito agrícola, mas sobretudo pecuário. Esta feira, com stands onde podemos observar diversas formas de artesanato e trabalhos em cortiça ao vivo, é abrilhantada com espectáculos musicais

PORTEIRINHOS


.

quarta-feira, maio 07, 2008

terça-feira, maio 06, 2008

GIRA VOLEI EM CASTRO VERDE

.
NO PRÓXIMO DIA 8
QUINTA FEIRA VAMOS
PODER VÊR EM CASTRO
INTEGRADO NOS JOGOS
CONCELHIOS UM TORNEIO
DE GIRA-VOLEI



Gira volei é um jogo de iniciação ao voleibol. O voleibol joga-se com 6 pessoas em campo, o Gira volei joga-se com 2.
Outra particularidade do Gira Volei é que só se pode usar um gesto técnico, o Passe por cima. Tem de se fazer o serviço, a recepção, o passe e o remate em Passe por cima.
Existem 3 etapas.
Etapa 1 – 8 - 10 anos - Campo tem 4X4 metros – Rede a 2 metros
Etapa 2 - 11 -12 anos – Campo tem 6X6m – Rede a 2,12 metros
Etapa 3 – 13 -15 anos – Campo tem 6X6m – Rede a 2,24 metros
Um campo de voleibol tem 9X9 metros.
O jogo acaba aos 25 pontos ou aos 10 minutos.
De resto não difere muito mais.

Local: Estádio Municipal 25 de Abril - Castro Verde
Hora: 9h30

segunda-feira, maio 05, 2008

preliminares

.
Conto Rural:Um homem entra em casa com uma ovelha nos braços.A mulher, deitada na cama, está a ler um livro.Diz o homem:- Olha amor esta é a vaca a que me atiro quando te doi a cabeça.Diz a mulher:- Se não fosses parvo verias que isso é uma ovelha não uma vaca.O homem sorri e responde:- E tu se não fosses tão bruta verias que estou a falar com a ovelha e não contigo.

GRUPOS DE CANTE - GRUPO CORAL ETNOGRÁFICO OS CAMPONESES DE PIAS


(clicar na imagem para aumentar)

O NOSSO BLOG DIVULGA GRUPOS
DE CANTE ALENTEJANOS

Grupo Coral e Etnográfico "Os Camponeses de Pias"


Trajes / Cores
Entre outros destacam-se: lavrador, ganhão, feitor, pastor, cabreiro, vaqueiro, porqueiro, ceifeiro, almocreve e o homem das eiras.

Fundação
1968

Número de Elementos
30

Orientador
Oliveiros Aleixo; Manuel Tiago

Curriculum Vitae
Ao longo dos anos o grupo foi galardoado com os seguintes prémios:
1º Lugar de "traje" e "cante" 1993 (Castro Verde), 1988 (Mértola) e 1973 (Elvas);
prémio de "originalidade e fidelidade" em Castrovillari, Itália.

Das muitas actuações destacam-se:
2001 - Festival de Emigrantes - Suíça
2000 - Expo 2000 - Hannover/Alemanha
1999 - Representação do Alentejo - Barcelona/Espanha
1998 - Expo 98 - Lisboa

Participação em espectáculos musicais com Rio Grande, Ala dos Namorados, Janita Salomé, Maria Bethânia e Caetano Veloso.
Participação no CD "Vozes do Sul" que em 2000 ganhou o prémio "José Afonso".
Participação em vários programas de televisão.

O grupo é sócio fundador da Federação de Folclore.

Discografia
"Pias Tradição Musical" - CD editado em 2003
"O Cante na Margem Esquerda" - CD editado em Junho de 1996
Cassete editada em 1993 e LP editado em 1973.

Observações
O grupo organiza um Festival de Folclore anualmente que decorre durante a Feira Anual de Pias.
O Encontro de Grupos Corais é organizado bi-anualmente no mês de Maio.

domingo, maio 04, 2008

preliminares

.
*Dois agricultores, um português e um espanhol, conversam na fronteira *:
- *Qual é o tamanho da tua herdade?* - pergunta o espanhol.
Responde*o português: *
- *Para os padrões portugueses, o meu monte tem um tamanho razoável.
Trezentos hectares, e a tua?*
Responde o espanhol:
- *Olha, eu saio de casa de manhã, ligo o meu jipe e ao meio-dia ainda não
percorri metade da minha propriedade.*
- *Eu sei o que isso é* - diz o português compreensivo - *eu também já tive
um jipe espanhol...são uma merda! Só dão chatices...*

hoje, ultimo dia da QUINZENA CULTURAL

.
HOJE TEMOS EM CASTRO
NESTE ULTIMO DIA:

09,00 - Raid de ciclotorismo
Passeio de BTT

11.00 e 14,30
Radiomodelismo
Slalom de carros

17,00 - CONCERTO DA PRIMAVERA

Concerto de Primavera
4/5/2008 - 4/5/2008


Concerto de Primavera (com piquenique)

Este é um verdadeiro momento de evocação à Primavera, trata-se de um concerto da Banda Filarmónica no meio do campo.
O público será convidado a deixar o carro no S. Pedro das Cabeças e a deslocar-se umas centenas de metros até ao local do concerto. O público, se assim o entender, deve trazer de casa uma manta, cadeiras de campo,
para se instalar.

O convite estende-se também para que as famílias tragam lanche e passem uma tarde no campo.
Esta iniciativa está condicionada à vontade do S. Pedro.

Local:Campo (junto ao S. Pedro das Cabeças)
Hora:17h00


e para encerrar:

Concerto de Encerramento "Ala Dos Namorados"


Neste concerto, Ala Dos Namorados irá apresentar temas do novo álbum, bem como músicas que popularizaram o grupo no panorama musical português, num concerto muito intimista

sábado, maio 03, 2008

CASTRENSE , CAMPEÃO DISTRITAL DA 1ª.DIVISÃO

.


FC Castrense campeão distrital

O FC Castrense é o novo campeão distrital da 1ª divisão da Associação de Futebol de Beja.
A três jornadas do final do campeonato, os de Castro Verde fizeram a festa do título este domingo, 27, depois de baterem em casa o Moura AC (2-0) e verem o Desportivo de Beja ser derrotado em Odemira (0-3).
Com a presença no Nacional da 3ª divisão em 2008-2009 já garantida, o Castrense pode ainda fazer a "dobradinha", desde que vença o Moura AC na final da Taça do Distrito de Beja, agendada para o dia 25 de Maio.
Tal como o FC Castrense, também o Barrancos FC fez este fim-de-semana a festa do título, mas da 2ª divisão distrital.
Os barranquenhos empataram (2-2) no sábado, 26, em Beja com o Despertar e aliaram o título à subida de divisão, em que são acompanhados pelo Despertar.

O triunfo sobre o Moura e a derrota do Desportivo de Beja em Odemira (0-3) garantiram o 4º título da I Divisão distrital ao FC Castrense quando ainda faltam três partidas para o final do campeonato.


"Campeões, campeões, campeões!" O grito ecoou no Estádio 25 de Abril momentos antes de Luís Aurélio ter feito o 2-0 de maneira apoteótica: após ter driblado três defesas, dividiu a bola com o guarda-redes e, ganhando o ressalto em queda, tocou-a com a ponta do nariz para o fundo da baliza. Estava confirmada a vitória do Castrense, o título distrital e o regresso às provas nacionais. A última apitadela veio logo depois e foi o sinal para as garrafas de champanhe entrarem em erupção. A bancada, cheia, transbordou para o campo com os abraços dos adeptos a envolverem os jogadores, encharcados pelo esforçado suor do triunfo e pelo agridoce sabor do espumante. Terminava desta maneira, em festa rija, uma partida que se iniciara nervosa, com os jogadores do Castrense presos ao medo de perder, sem conseguirem praticar o futebol de qualidade que os fixou na liderança desde a 5ª jornada.

PLANTEL CAMPEÃO

Num. Nome ..Nacionalidade.. Posição ..Clube Origem
23 Domingos Portugal Guarda Redes Salvadense
1 Peraltinha Portugal Guarda Redes F.c. Serpa
4 Velhinho Portugal Defesa F.c. Serpa
11 Pedro Pacheco Portugal Defesa Castrense
24 Joy Portugal Defesa Desportivo De Beja
22 Toy Campaniço Portugal Defesa Vasco Da Gama De Vidigueira
6 Vitor Rolim Portugal Defesa Desportivo De Beja
13 Paulo Mauricio Portugal Defesa Desportivo De Beja
5 Hugo Lucas Portugal Defesa Vildemoinhos
25 Telmo Facaia Portugal Médio Castrense
21 Zé Claúdio Portugal Médio F.c. Serpa
7 Trincalhetas Portugal Médio Castrense
30 Mecas Portugal Médio Castrense
8 Alex Brasil Médio Castrense
15 António Neves Portugal Médio Castrense (jun. «b»)
16 Pedro Lança Portugal Médio Desportivo De Beja
14 Ângelo Portugal Médio Castrense (jun. «b»)
9 João Pacheco Portugal Avançado Castrense
20 Luís Aurélio Portugal Avançado Despertar
19 Luís Carrega Portugal Avançado Deportivo De Beja
10 Rui Pepe Portugal Avançado F.c. Serpa
28 André Vaz Portugal Avançado Castrense (jun. «b»)
12 João Soares Portugal Guarda Redes Castrense (jun. «b»)
36 Marco Hortense Portugal Guarda Redes Scm Aljustrelense